Casal é preso após torturar, arrancar testículos e tentar matar homem a tijoladas por ciúmes

Uma mulher de 36 anos e homem de 28 anos que não tiveram a identidade revelada foram presos em flagrante por torturar e tentar matar um homem de 54 anos na sexta-feira (7/12). O casal ainda arrancou os testículos da vítima com um facão enferrujado e matá-lo a com uma tijolada, mas ele sobreviveu.

O caso aconteceu na cidade de Água Clara, distante 198 quilômetros de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O suspeito disse à polícia que cometeu o crime porque a vítima deu em cima de sua esposa.

De acordo com o Campo Grande News, a dupla foi encontrada tentando vender uma arma de fogo em um posto de combustíveis. A Polícia perguntou onde eles encontraram a arma e o casal levou a guarnição até a casa do suposto dono.

No local, um vizinho disse a polícia que tinha acontecido uma briga dentro da cada e que o dono do imóvel estava internado em estado grave no Hospital de Três Lagoas. Interrogados, o casal admitiu que havia espancado a vítima com bloco de tijolo na cabeça, além de chutes, socos e joelhadas.

O crime aconteceu na casa dos suspeitos. Lá, foram encontrados uma grande quantidade de sangue no quintal, boné e chinelos da vítima. Os tijolos utilizados nas agressões foram apreendidos. O casal, que foi abordado com a bicicleta da vítima, confessou que pretendia vender a arma para comprar cachaça.

A dupla já tinha sido presa em flagrante quando uma das enfermeiras que atendeu a vítima contou à polícia que o homem estava sem os testículos. O suspeito confirmou e disse que a vítima tinha se insinado sexualmente para a sua companheira. Para retirar os órgãos, o casal usou um facão enferrujado.

O homem detido deve responder pela prática de tortura, além de tentativa de homicídio, porte ilegal de arma e roubo. A mulher presa já respondia em liberdade por suspeita de participação de um latrocínio e por agressão. Eles ainda poderão responder por latrocínio na forma tentada.