Grupo organiza “ebó coletivo” em frente a navio que disse que Salvador “crê em demônios”

1630

Um grupo de defesa das religiões de matriz africana, a Frente Nacional Makota Valdina, fará um “ebó [oferenda] coletivo”, na próxima segunda-feira (4), no Terminal da França, próimo ao local onde está ancorado o navio Logos Hope, cuja organização afirmou que a capital baiana é “uma cidade conhecida pela crença das pessoas em espíritos e demônios”.

O ato, batizado de “O demônio quem traz são vocês! A Bahia é de todos os Santos, encantos e Orisás!”, tem o objetivo de manifestar contra o racismo religioso.

“A Frente consolida-se como um espaço estratégico de debates para organização de uma agenda em comum de mobilização e de defesa do Povo de Santo, contra os retrocessos e pela garantia de direitos e irrestrita liberdade de culto ao sagrado. Venham, temos uma batalha contra o racismo e suas violências correlatas”, disse a organização do evento.

Veja publicação: