“Não entendi, porque o governo não quis negociar hoje”, diz Prisco após reunião sem acordo

450

Após deixar a reunião com presidente da Alba e a secretária de relações institucionais do governo, o deputado estadual Soldado Prisco (PSC) afirmou durante assembleia com policiais que está frustado com o posicionamento do governo diante da paralisação de um grupo de policiais militares. “Eu não entendo como é que o governo está vendo a sociedade baiana sofrendo e vai confiar no comandante geral da PM e no Secretário de Segurança Pública, que negam um fato real: ‘a greve está instalada, os policiais estão aqui’”, declarou na noite desta quinta-feira (10).

O deputado indagou que a pauta da reunião desta quinta-feira foi entregue desde agosto deste ano. “Chegam lá para entregar uma pauta que já foi entregue e protocolada desde o dia 20 de agosto desse ano. Pauta essa que é desde 2014”, lembrou.

Prisco questionou o porque não houve negociação: “Não entendi, porque o governo não quis negociar hoje, criamos uma grande expectativa, mas infelizmente foi frustante. Nós queremos negociar, é bom que a população saiba que a intransigência não está vindo de nossa parte”, ressaltou após a Secretária de Relações Institucionais do Estado, Cibele Carvalho afirmar que não haverá negociação com PMs em greve.