Professores da rede pública fazem paralisação de 24h em protesto contra a reforma da previdência

As escolas das redes estadual e municipal de ensino da Bahia amanheceram sem aulas nesta quarta-feira (24). Isso porque os professores paralisaram as atividades por 24h, em protesto contra a reforma da previdência proposta pelo governo federal.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), uma aula pública ministrada na Praça da Piedade, a partir das 9h, fará parte da programação da ação em Salvador.

Com a ação, cerca de 140 mil alunos da rede municipal e outros 800 mil da rede estadual ficarão sem aula nesta quarta.