4º Parcela: Vem o calendário de pagamento do auxílio emergencial e quem já tem direito

O calendário de pagamento da quarta parcela do auxílio emergencial começa no dia 20 de julho para os beneficiários do Bolsa Família. O pagamento para este grupo segue o calendário já existente do programa.

Desta forma, os beneficiários com o final do Número de Identificação Social (NIS) 1 recebem no dia 20 de julho. Os com o NIS final 2, no dia 21 de julho, e assim por diante, até o dia 31 de julho, quando recebem os beneficiários com final do NIS 0, pulando apenas o fim de semana.

De acordo com o Ministério da Cidadania, não haverá alteração no calendário do Bolsa Família no pagamento da prorrogação do auxílio. O valor recebido também não será alterado e os beneficiários recebem da mesma maneira que receberam nas três parcelas anteriores.

Desde o início, o Governo Federal havia informado que o grupo do Bolsa Família recebe o valor que for mais vantajoso, seja o referente ao auxílio emergencial ou ao valor já recebido antes da pandemia da covid-19.

De acordo com os números do Ministério da Cidadania, em maio, 14,28 milhões de famílias receberam o Bolsa Família, um investimento de R$ 15,2 bilhões.

Veja o calendário:

  • Nº 1: 20/jul
  • Nº 2: 21/jul
  • Nº 3: 22/jul
  • Nº 4: 23/jul
  • Nº 5: 24/jul
  • Nº 6: 27/jul
  • Nº 7: 28/jul
  • Nº 8: 29/jul
  • Nº 9: 30/jul
  • Nº 0: 31/jul

Para os outros beneficiários do auxílio emergencial, o calendário da quarta parcela ainda não foi divulgado. Mais 64,9 milhões de pessoas estão inscritas no programa de renda básica, criado para socorrer pessoas de baixa renda, trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEIs), entre outros, durante a crise econômica causada pela pandemia da covid-19.