8 dicas simples para acelerar o metabolismo

Algumas estratégias simples como não pular o café da manhã, fazer atividades físicas, ou dormir bem ajudam a acelerar o metabolismo e favorecem o gasto calórico ao longo do dia.

O metabolismo é a forma como o corpo transforma as calorias em energia que é essencial para manter as funções corporais como respiração, reparo das células e digestão dos alimentos, por exemplo.

Alguns fatores como envelhecimento, má alimentação, sedentarismo ou obesidade, por exemplo, podem deixar o metabolismo mais lento e, por isso, adotar estratégias para acelerar o metabolismo podem ajudar o corpo a funcionar melhor, além de aumentar o gasto de calorias, favorecendo a perda de peso e a melhora da disposição.

8 dicas simples para acelerar o metabolismo.

1. Comer alimentos termogênicos

Os alimentos termogênicos, como pimenta, canela, gengibre, café e chá verde, podem ajudar a aumentar a temperatura corporal e acelerar o metabolismo, facilitando a queima de gorduras. Esses alimentos podem ser inseridos na dieta e devem ser consumidos diariamente. Veja a lista completa de alimentos termogênicos e como consumir.

2. Comer mais proteínas

Aumentar o consumo de alimentos ricos em proteínas faz com que o organismo gaste mais calorias para processar esse nutriente durante a digestão, além de estimular o ganho de massa muscular, que é um tecido que gasta muito mais calorias do que a gordura. Assim, quanto mais músculos, mais acelerado fica o metabolismo.

Os principais alimentos ricos em proteínas são carnes, frango, ovos, peixes e queijos, que devem ser consumidos em praticamente todas as refeições do dia. Veja a lista completa dos alimentos ricos em proteína.

3. Beber chá verde

O chá verde possui catequinas e cafeína na sua composição que têm propriedades termogênicas, o que ajuda a acelerar o metabolismo, fazendo com que o organismo gaste mais energia. Além disso, as catequinas, a cafeína e os polifenóis presentes no chá verde reduzem o acúmulo de gordura no corpo e ajudam a queimar gordura, o que pode favorecer o emagrecimento.

O ideal é beber de 3 a 5 xícaras de chá verde por dia para ajudar a acelerar o metabolismo. Saiba como preparar o chá verde para aumentar o metabolismo.

4. Não pular o café da manhã

Comer o café da manhã é importante pois o corpo precisa de energia após longas horas de jejum noturno e esta refeição influencia a velocidade do metabolismo ao longo do dia.

Ao pular o café da manhã, o corpo diminui a queima de gordura para tentar conservar energia, além de queimar os músculos para obter energia, o que torna o metabolismo mais lento.

Por isso, para acelerar o metabolismo deve-se comer o café da manhã até uma hora após acordar e incluir alimentos saudáveis como fibras, frutas e proteínas. Confira opções de café da manhã saudável.

5. Comer alimentos ricos em vitamina B

As vitaminas do complexo B, como a B1, B2 e B6, têm um papel importante no metabolismo corporal e alguns estudos indicam que aumentar o consumo dessas vitaminas pode ajudar a aumentar o metabolismo.

Os alimentos ricos em vitamina B incluem carnes, fígado, grãos integrais, leite e derivados ou vegetais de folhas verdes, por exemplo. Veja a lista completa de alimentos ricos em vitaminas do complexo B.

6. Fazer exercícios físicos 2 a 3 vezes por semana.

Os exercícios físicos ajudam a tonificar e aumentar a massa muscular, o que contribui para acelerar o metabolismo. Isso ocorre porque, os músculos gastam mais energia do que as células de gordura, favorecendo o gasto calórico. Além disso, o exercício físico faz com que o metabolismo corporal continue aumentado por cerca de 4 horas.

Uma boa opção de exercício é fazer musculação ou treinos de força em casa de 2 a 3 vezes por semana trabalhando os músculos das pernas, quadris, costas, abdômen, tórax, ombros e braços, por exemplo. Veja um exemplo de treino de pernas que pode fazer em casa.

Outra opção de exercício físico, que pode ser feito em dias intercalados com os treinos de força, são os exercícios aeróbicos como caminhada, corrida, natação, ciclismo ou treinos de alta intensidade que também ajudam a acelerar o metabolismo e gastar mais calorias.

7. Reduzir o estresse

Tentar controlar o estresse e a ansiedade é importante para diminuir a produção de cortisol, que é o hormônio do estresse e que leva ao aumento da produção de gordura no organismo, deixando o metabolismo mais lento.

Para ajudar a reduzir o estresse e acelerar o metabolismo, deve-se praticar atividades que ajudam a aliviar ou distrair a mente como caminhada ou alongamentos, fazer atividades que relaxam como meditação ou yoga, ou praticar um hobby como fotografia, costura ou pintura, por exemplo. Veja 7 passos para combater o estresse.

8. Dormir 8 a 9 horas por noite

Dormir de 8 a 9 horas por noite é essencial para regular a produção hormonal, melhorar a disposição e estimular o ganho de massa muscular. É durante o sono que ocorre a maior produção de GH, o hormônio do crescimento, que irá estimular a hipertrofia muscular. Também é com um bom descanso que o músculo se recupera do treino e cresce, e quanto mais massa muscular tiver no corpo, maior será o metabolismo e a queima de calorias.

Tua Saúde