Amélia Rodrigues: candidato a vice na chapa do atual prefeito é preso por tentar subornar PMs

O candidato a vice-prefeito de Amélia Rodrigues, José Eutanio Gomes Martins, o “Totô”, foi preso suspeito de tentar subornar policiais militares na noite da última terça-feira (3/11).

O político, segundo a Secretaria da Segurança Pública, ofereceu dinheiro para liberar um carro apreendido enquanto fazia propaganda eleitoral abusiva.

Ainda de acordo com a SSP, a ação foi registrada em áudio por agentes do 2° Pelotão da 20ª Companhia Independente (CIPM/Santo Amaro). O candidato confessou ser dele a voz gravada e foi autuado em flagrante por corrupção ativa.

O titular da Delegacia Territorial de Amélia Rodrigues, Idelfonso Monteiro, disse ao Aratu On que “Totô” ainda estava preso até a publicação desta reportagem. Ele revelou ainda que os advogados do político pediram à Justiça sua liberdade provisória.

José concorre na chapa do atual prefeito de Amélia Rodrigues, Paulo Falcão (Republicanos). Procurado pelo Aratu On, ele não quis comentar o assunto.

AratuOn