“Ao invés de falar absurdos, deveria estar liberando dinheiro”, desabafa ACM Neto sobre Bolsonaro

O prefeito de Salvador, ACM Neto, fez um desabafo contra Jair Bolsonaro durante sua participação no programa da TV Aratu, QVP, exbido nesta quarta-feira (25/3). O presidente afirmou em pronunciamento nacional na noite da última terça-feira (24/3) ser contra o isolamento social.

“Ontem assisti perplexo o pronunciamento na cadeia pública. Hoje pela manhã, saindo do Palácio da Alvorada, ele mais uma vez repetiu as declarações. Lamento que essa seja a posição do presidente e acho que todo esse esforço, se ele significar salvarmos uma vida, já terá valido a pena. Imagine salvar milhares e milhares de vidas”, desabafou o prefeito.

ACM Neto lamentou ainda a falta do auxílio do Governo Federal. “O presidente, ao invés de falar os absurdos que ele falou, ele devia estar liberando o dinheiro para ajudar os municípios”. “Eu não posso deixar de ser um crítico duro. Estou trabalhando feito um condenado, todo mundo da prefeitura está correndo risco, perdendo noite, trabalhando 16h por dia, para vim o presidente e falar uma irresponsabilidade dessa”, acrescentou.

O gestor também fez um apelo. “Eu sei que existe a questão econômica, me preocupo muito com ela, mas nesse momento a saúde, a preservação da vida das pessoas tem que estar em primeiríssimo lugar”, afirmou. “Eu lamento, discordo e como cidadão de fato eu não concordo e mais do que isso, como prefeito eu faço um apelo as pessoas não escutem, porque neste caso ele esta redondamente enganado”.