Após ação do MP e SSP, Prisco chora e diz que perdeu a batalha

619

O deputado estadual Soldado Prisco enviou áudio via aplicativo WhatsApp e comentou a operação do Ministério Público Estadual com o apoio da Secretaria de Segurança Pública e da Corregedoria da Polícia Militar. A investida ocorrida ontem (16/10) interditou todas as sedes da Associação dos Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado (Aspra), na capital e no interior da Bahia.

Chorando, o parlamentar afirmou que o movimento perdeu a batalha, mas não a guerra.

Foram também cumpridos mandados de busca e apreensão de documentos, computadores e dinheiro. Também foi determinado o bloqueio das contas da entidade; e 17 militares e sete civis foram conduzidos à Corregedoria da PM e para o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRACO).

Além da apuração sobre o desvio de função da entidade, há outras investigações em curso. Em uma delas, a Polícia Civil busca provas sobre o desvio de recursos da Aspra para contas bancárias de membros da administração da associação.

Fonte: Informe Baiano