Chacina cinco homens são mortos dentro de bar.

Segundo a polícia, crime foi cometido por seis criminosos que chegaram ao local em dois carros. Por enquanto, ninguém foi preso. Polícia Civil investiga o caso.

Cinco homens foram mortos na noite de sexta-feira (7) em Bento Gonçalves, na Serra do Rio Grande do Sul. A chacina aconteceu em um bar no bairro Municipal, por volta das 22h10.

Conforme o delegado plantonista Arthur Reguse, o crime foi cometido por seis criminosos que chegaram ao local efetuando diversos disparos. A perícia recolheu pelo menos 64 cápsulas de balas.

O delegado acrescentou que todas as vítimas tinham antecedentes criminais e envolvimento com facção. Os homens que morreram foram identificados como Roger da Silva Cabral, Mateus Da Silva Ribeiro, Lucas Joel Ferrão, Cristian Soares Teixeira e Robert da Silva Ribeiro.

Quatro deles morreram no bar. Robert chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu. Ele e Mateus eram irmãos. Roger era primo deles.

Na madrugada deste sábado (8), a Brigada Militar prendeu um homem, na mesma rua da chacina, por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. O delegado Álvaro Becker, responsável pela investigação do crime, acredita que essa prisão não tenha nenhuma ligação com as cinco mortes.

A principal linha de investigação da polícia é de que o crime tenha relação com desavenças de duas facções criminosas.

“Hoje [sábado] pela manhã, eu ouvi algumas pessoas. O problema é que existe nestes locais a lei do silêncio, as pessoas têm medo de falar e serem mortas. Mas vamos continuar indo atrás de testemunhas e ver se achamos filmagens para identificar os responsáveis pelo crime”, acrescenta Becker.