Coveiro é preso por atirar em ex-companheira em Feira de Santana; vítima também é prima do suspeito

Um homem que trabalha como coveiro em Feira de Santana, a 108 km de Salvador, foi detido nesta terça-feira (3/11) por tentativa de feminicídio. Segundo a Polícia Civil, ele é suspeito de atirar na ex-companheira, na última quinta-feira (28/10), no Distrito de Maria Quitéria.

A titular da Delegacia de Atendimento a Mulher (Deam) da cidade, delegada Edileuza Suely Cardoso, explicou que o homem não aceitava o fim do relacionamento. “Ele invadiu a casa da vítima e efetuou os disparos. Depois de passar por exames de lesões corporais, ele será encaminhado para o sistema prisional e irá responder por tentativa de feminicídio”, detalhou.

A vítima está internada em uma unidade de saúde e, de acordo com blogs locais, é também prima de primeiro grau do ex-marido. Ele teria ido até a casa dela com a desculpa de que pagaria por ter quebrado as vidraças e destruído cinco blusas da ex-mulher na semana anterior, ao descobrir que ela já estaria em outro relacionamento.

A delegada informou que não havia nenhum registro de queixa anterior à tentativa de feminicídio, seja pela vítima ou por outra mulher. Em entrevista ao jornal local “Acorda Cidade”, Edileuza disse que o coveiro alegou ciúmes. No momento do crime, a mulher estaria com um homem, que seria seu suposto amante, e o suspeito afirmou que tentava atirar nesse homem, mas ela teria se colocado na frente.