Covid-19: Salvador pode ter um novo lockdown, taxa de ocupação de leitos chegou a 62%

“Nesse momento, não corremos esse risco. Mas preciso destacar que nossa capacidade é finita. Se as pessoas não nos ajudarem, vamos precisar voltar a fechar, porque há limite”, alerta Leo Prates. A taxa de ocupação dos leitos de UTI para a covid-19 chegou a 62% em Salvador, anunciou o secretário neste sábado (21).

“O Prefeito acaba de determinar a reabertura de 10 leitos de UTI COVID no [hospital] Municipal, e a segunda fase do Memorial com mais 20 leitos. As pessoas precisam entender que a pandemia não acabou!”, escreveu o secretário, em seu perfil no Twitter.

A segunda onda do novo coronavírus já estava sendo prevista por alguns estudiosos, conforme noticiou reportagem do Aratu On. O neurocientista e coordenador do Comitê Científico do Nordeste, professor Miguel Nicolelis, explicou a situação que vem ocorrendo na Europa, que registrou aumento no número de infectados, e alertou que o mesmo deverá ocorrer no Brasil.

“Ela (a segunda onda) tem uma grande chance de acontecer. Como houve uma queda nas últimas semanas no Brasil, no número de casos e de óbitos, as pessoas tendem a olhar para o presente e a achar que ele vai ditar o futuro, e isso não é necessariamente verdade. Como a Europa, que teve uma queda semelhante, liberou tudo no verão, e agora está pagando o preço. É uma explosão! Muito maior do que na primeira onda, pelo visto”, esclareceu o neurocientista, em entrevista ao portal.