Crise: LG encerrará produção de celulares

A fabricante sul-coreana LG anunciou que encerrará a sua produção de celulares em todo o mundo. Segundo a empresa, a área enfrentava déficits ao longo de 23 trimestres consecutivos até o fim do ano passado, somando um prejuízo de US$ 4,1 bilhões.

No Brasil, a fabricante produz celulares em uma fábrica em Taubaté, no interior de São Paulo. A planta emprega cerca de 1.000 trabalhadores, dos quais 400 atuam na produção de smartphones. Há ainda a linha de produção de monitores, um call center e a área administrativa.

Diante do cenário incerto, trabalhadores brasileiros decretaram “estado de greve” — um alerta de paralisação — em 26 de março para pressionar a fábrica sobre o futuro da instalação.