Cuidado! Se surgirem esses sintomas você pode estar com leucemia

A leucemia é um tipo de câncer que afeta o sangue ou, para ser mais específico, os leucócitos, também chamados de glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do nosso organismo contra infecções. Atualmente, é o 9º tipo de câncer mais comum entre homens e o 11º entre as mulheres no Brasil. É também o tipo mais frequente em crianças e adolescentes.

Segundo estimativas do Instituto Nacional de Câncer (Inca), são estimados cerca de 10.800 novos casos de leucemia por ano, e cerca de 6.300 mortes em decorrência da doença.

Onde surge o câncer

As células do nosso sangue são produzidas na medula óssea, um líquido gelatinoso que fica na parte interna e central dos ossos, popularmente chamado de tutano. Existem três tipos de células:

Hemácias, ou glóbulos vermelhos (contêm hemoglobina, que carrega oxigênio para o corpo);

Leucócitos, ou glóbulos brancos (protegem o corpo contra infecções e estruturas estranhas);

Plaquetas (responsáveis pela coagulação, evitam hemorragias).

A leucemia é uma doença dos leucócitos. Suas células progenitoras, dentro da medula óssea, sofrem uma mutação, ou seja, uma alteração no seu DNA, e se transformam em células doentes (blastos), que passam a se multiplicar de forma anormal.

Existem diferentes tipos de leucócitos, com funções diferentes no sistema imunológico:

Linfócitos (se dividem principalmente em linfócitos B e as células T);
Granulócitos (há três tipos: neutrófilos, basófilos e eosinófilos);
Monócitos.

Os neutrófilos, basófilos, eosinófilos e monócitos surgem a partir de células-tronco mieloides. Já os linfócitos se originam a partir de células-tronco linfóides.

Sintomas da leucemia

Além de favorecer infecções, o excesso de leucócitos doentes também compromete a produção dos glóbulos vermelhos, o que pode resultar em anemia, e de plaquetas, resultando em hematomas ou sangramentos. Assim, os sintomas mais comuns da leucemia são:

Febres de causa não explicada;
Infecções;
Anemia (palidez, cansaço, fraqueza ou tontura);
Sangramentos (por ex: no nariz ou nas gengivas);
Manchas roxas ou pontos vermelhos na pele;
Dor óssea;
Aumento dos gânglios linfáticos, baço e fígado. Se a doença afetar o Sistema Nervoso Central, podem surgir dores de cabeça, náuseas, vômitos, visão dupla e desorientação.

Uol