Doria diz que vacina chinesa Coronavac será aplicada mesmo sem aval da Anvisa

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que a CoronaVac, imunização desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, pode ser aplicada na população mesmo sem aprovação formal da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A declaração foi dada durante uma entrevista concedida à Rachel Sheherazade, do Metrópoles.

“Os critérios que a Anvisa tem são os mesmos de outras agências de vigilância sanitária que também estão avaliando a vacina CoronaVac nos Estados Unidos, na Europa, sobretudo na Ásia. Se essas agências validarem a vacina, ela estará validada independentemente da própria Anvisa”, afirmou.

A fala de Doria vai na contramão do que defende o presidente Jair Bolsonaro. Na quarta-feira (25), o líder federal afirmou que só espera a aprovação da Anvisa para comprar e distribuir gratuitamente as vacinas contra a Covid-19. A declaração foi feita durante um encontro com 150 empresário em um clube de São Paulo.

Notícias de Brasília