Efeito Reveillon Começou! BH bate recorde de ocupação de UTIs para Covid-19

No mesmo dia em que Minas Gerais registrou o maior número de pessoas infectadas pela Covid-19 em 24 horas (leia aqui), Belo Horizonte bateu o recorde de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinados ao tratamento da doença, pelo terceiro dia consecutivo, nesta quarta-feira (6).

De acordo com boletim epidemiológico divulgado pela PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) hoje, 86,1% dos leitos de UTI de Covid-19 estão ocupados, no nível vermelho de alerta, enquanto a ocupação dos leitos de enfermaria para a doença está em 63,9%.

A nova taxa de ocupação de UTIs supera o recorde anterior registrado ontem (5), de 83,5%. Já na segunda-feira (4), o número registrado também havia sido o maior desde então, com 80,5% de ocupação. Ainda hoje, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) anunciou um novo fechamento do comércio na capital.

Hoje, BH tem 65.848 casos confirmados de Covid-19 e 1.915 pessoas já morreram em decorrência da doença. Ainda de acordo com o boletim epidemiológico da PBH, 3.637 casos estão em acompanhamento e 60.296 pessoas se curaram da doença causada pelo novo coronavírus.