Eletricista fica pendurado em poste e tem 60% do corpo queimado em acidente

Um eletricista de 42 anos teve 60% do corpo queimado depois de sofrer um acidente enquanto trabalhava no Vale do Aço. O homem é funcionário da Engelmig, empresa terceirizada da Cemig. A ocorrência que o deixou ferido foi registrada no último sábado (31) e segue como assunto. É que imagens mostram a vítima ainda no local, pendurada ao poste.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi chamada para socorrer o eletricista e chegou ao endereço por volta das 15h24. Os militares solicitaram à Cemig que a rede elétrica fosse desligada para a realização dos primeiros socorros.

Nota da Engelmig na íntegra

“A Engelmig lamenta profundamente o acidente ocorrido com o colaborador Laidio Roque de Moura, no último dia 31, em Ipatinga/MG. A Engelmig, desde o primeiro momento, tem garantido todo atendimento ao colaborador, bem como assistência à família – inclusive disponibilizando uma Assistente Social para acompanhamento presencial. O estado de saúde do colaborador é estável. Na sequência, a Engelmig designou uma comissão para análise do acidente, que está reunida para desenvolver o trabalho desde o dia primeiro de setembro, de forma a evitar que eventos similares ocorram. A Engelmig reitera o seu compromisso com a segurança e integridade física de seus colaboradores e informa que não medirá esforços para a recuperação rápida do Sr. Laidio, prestando também apoio à  família.”

Nota da Cemig na íntegra

“A Cemig informa que o eletricista Laidio Roque de Moura (42) foi vítima de um acidente de trabalho, na tarde de sábado (31/8), enquanto realizava manutenção na rede de distribuição de energia do bairro Bethânia, em Ipatinga. Laidio estava dentro de uma cesta aérea no momento do acidente e precisou ser retirado com a ajuda do Corpo de Bombeiros. Ele recebeu o primeiro atendimento de uma equipe do SAMU e foi encaminhado, em seguida, para o Hospital Márcio Cunha, na mesma cidade. Laidio é empregado da Engelmig, prestadora de serviço da Cemig. Ambas as empresas estão dando toda a assistência aos familiares e ao profissional, que segue internado. A Cemig ressalta que os procedimentos internos para apuração da ocorrência já foram iniciados, e uma equipe de especialistas já esteve em Ipatinga para analisar o local do acidente.”