Homem é preso após fingir ser policial civil nas redes sociais

Um homem que se passava por policial civil nas redes sociais foi preso na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro. O suspeito, identificado como Thierry Martins de Carvalho, foi localizado por uma equipe uma equipe da 19ª Delegacia de Polícia (DP), na Tijuca.

O homem foi encontrado em posse de simulacros de armas de fogo, coletes à prova de bala e outros equipamentos que seriam utilizados em sua caracterização para as fotos publicadas nas redes sociais, onde ele estaria se passando por um servidor da PC.

De acordo com as investigações, nas publicações do seu perfil pessoal nas redes, Thierry costumava aparecer uniformizado como um policial civil, inclusive segurando armas.

Além disso, as fotos eram publicadas com a localização da Delegacia de Homicídios e da base da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), grupo de elite da Polícia Civil, o que dava a entender que o suspeito estaria em um desses lugares.

Chama atenção também uma publicação onde o suspeito chega a comemorar o que seriam seus “nove anos de serviço” na PC.

De acordo com a polícia, o homem confessou que vinha se passando por policial civil nas redes sociais e justificou afirmando que “admira a carreira”. O suspeito será investigado pelo crime de usurpação de função pública.