Homem se casa com cadáver de noiva durante o funeral

429

Doze anos não foi tempo suficiente para o chinês Xu Shian, de 35. Ele sonhava se casar com Yang Liu e os dois oficializaram o noivado em 2013. Pouco depois da proposta, porém, a moça foi diagnosticada com câncer de mama. Ela passou cinco anos e meio lutando contra a doença, até falecer aos 34 anos no último dia 14. Para homenageá-la, o noivo decidiu realizar a cerimônia de casamento durante o funeral, no último sábado, em Dalian, no leste da China.

A ideia veio após a morte, quando Xu descobriu que Yang estava escolhendo vestidos antes de ser internada. Por este motivo, ela foi enterrada com seu vestido de noiva. Shian contou que, desde a morte dela, ficou 24h por dia ao lado do corpo, durante uma semana, o que é uma demonstração de respeito na cultura chinesa. As informações são do Daily Mail e do Dalian Evening News.

“Esposa, por favor, não se preocupe! O resto da minha vida será de sofrimento, mas não vou desistir”, disse ele em seu discurso durante a cerimônia.

O casal se conheceu na universidade, em 2007, e se aproximou por meio de conversas online. Seis anos depois, começaram os preparativos para o casamento, até o diagnóstico de Yang revirar tudo do avesso. Ela tinha 28 à época. A moça enfrentou cirurgia e várias sessões de quimioterapia, mas mantinha o astral alto e documentava todo o processo numa rede social chinesa chamada Weibo, semelhante ao Twitter, na tentativa de inspirar outros pacientes.

“Minha esposa costumada dizer que ninguém podia chorar quando ela morresse. Me segurei no dia, mas, quando seu corpo foi para a cremação, não pude mais evitar”, contou Shian.

Yang apresentou alguma melhora em 2017. O casal, então, voltou a se preparar para o casamento e começou a economizar para comprar um apartamento. Um ano depois, o câncer progrediu novamente, antes de o realizarem a cerimônia.

“Viajamos por todo o país procurando aconselhamento médico enquanto visitávamos os lugares. Foi um ano feliz, apesar de tudo”, lembra Shian.

A saúde de Yang piorou em maio, quando ela foi internada em Dalian. A jovem passou por uma série de complicações e, muito fragilizada, ficou presa à cama de hospital em julho, após sofrer fraturas ósseas ao espirrar. No início deste mês, ela entrou em coma.

Xu e Yang durante viagem Foto: Reprodução/Dalian Evening News
“Ela mal me reconhecia no final e não pudemos sequer nos despedir”, lamentou Shian.

O noivo descobriu, após a moça falecer, que ela estava escolhendo vestidos de noiva antes de ser hospitalizada. Foi quando prometeu a si mesmo que compraria para ela o vestido mais bonito que encontrasse. Emocionado com a história, o dono da loja disse a Shian que ele poderia escolher qualquer modelo por apenas 1 yuan (R$ 0,58).

Na rede social Weibo, milhares de chineses elogiaram a dedicação do noivo e se emocionaram com a história.

“Isso é amor verdadeiro”, disse um usuário.

“Espero que vocês se encontrem na próxima vida”, comentou outro.

Agência O Globo