Idosa é amarrada e violentada durante assalto na própria casa no Paraná.

451

Um caso chocante foi registrado na vila rural de Ivatuba, na Região Metropolitana de Maringá. Uma idosa, de 68 anos, foi amarrada e violentada durante um assalto, dentro da sua própria casa nesta semana. Além dos abusos, a mulher teve um prejuízo financeiro de aproximadamente R$ 4 mil.

Após o assalto, que ocorreu por volta das 14h, a mulher ficou amarrada dentro de casa e só foi libertada quando o marido chegou do trabalho, quase quatro horas depois. Os assaltantes levaram dinheiro em espécie e o cartão da idosa com a senha.

Segundo o marido da vítima, a mulher autorizou a entrada de dois homens na residência após eles se identificarem como funcionários da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Entretanto, no momento em que um dos suspeitos estava dentro do terreno foi anunciado o assalto.

De acordo com informações do jornalista André Almenara, a idosa foi rendida dentro da residência e entregou um valor em dinheiro, além do cartão do banco com a senha. Antes de ir embora, o assaltante pediu para que a idosa retirasse a roupa. O criminoso então acariciou a vítima. Neste momento, a idosa revelou ao jornalista que apenas clamou a Deus para que eles fossem embora.

Marido da vítima pede por justiça

Após ficar amarrada dentro da casa, após o assalto, a mulher foi libertada pelo marido quando ele retornou do trabalho. Bastante assustada, a vítima contou ao companheiro o acontecido e informou sobre o cartão bancário que os suspeitos haviam levado.

Entretanto, o homem só conseguiu entrar em contato com o banco no dia seguinte. Neste intervalo, os assaltantes gastaram mais de R$ 3,5 mil, além dos R$ 500 em dinheiro que haviam levado da casa.