Mãe de 25 anos morre de maneira repentina após corpo rejeitar pontos da cesárea

703

Uma mulher de 25 anos acabou perdendo a vida de maneira totalmente inesperada, deixando amigos e familiares em choque com a situação. O que era para ser um momento de alegria e felicidade acabou se transformando em uma terrível tragédia familiar. Isto porque, Tammy Nathan-Belk, morreu dez dias depois de passar por uma cesariana.

A jovem, que mora na Nova Zelândia, precisou ser submetida ao procedimento no dia 27 de outubro, no parto de seu quarto filho, que recebeu o nome de Koraleigh, e nasceu forte e saudável.

Tammy e seu esposo, Troy Ruk, de 27 anos, já haviam passado por três partos, todos transcorridos dentro da normalidade. A chegada do quarto filho do casal aparentava ter sido da mesma maneira. Sendo assim, a mãe recebeu alta e foi para casa com a orientação de ficar por um tempo em repouso, algo comum nessas situações.

No entanto, os dias foram passando e a jovem começou a apresentar dores abdominais. “Ela foi ao médico e ele recomendou alguns remédios para aliviar a dor”, desabafou a mãe da jovem.

Dez dias após o parto, Tammy começou a passar mal, levando o marido a acionar uma ambulância que chegou rapidamente e levou a jovem para o hospital. Na unidade, os médicos que prestaram atendimento disseram à família que o corpo da mulher tinha rejeitado os pontos internos da cesariana e, por isso, ela acabou desenvolvendo apendicite aguda.

A explicação dos profissionais não deixou a família convencida. O caso está sob investigação do hospital para esclarecer se essa foi a causa da morte ou se teve algum outro tipo de complicação ou até mesmo algum erro médico.