Manaus sepulta 198 pessoas e bate trágico recorde de enterros mais uma vez

Não é à toa que estamos “fase roxa” da pandemia. Manaus bateu mais uma vez seu trágico recorde de sepultamentos em 24 horas: 198 nesta quarta-feira.  Desse total, 59 foram declarados de Covid, 7 suspeitos e lamentavelmente mais 26 pessoas morreram em casa. Além do colapso da Saúde, vivemos um estrangulamento funerário sem precedentes.

143 enterros foram nos espaços gerenciados pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp). Não houve a opção pelo serviço de cremação. Três óbitos oriundos de outras cidades foram registrados. Já nos cemitérios particulares, 55 enterros foram realizados.

22 sepultamentos foram atendidos pelo serviço SOS Funeral, coordenado pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc). Nesta quarta temos 501 pacientes em UTIs lutando contra a morte, o que indica que esses números vão persistir.