Pacientes denunciam ratos e baratas na cozinha do Hospital Roberto Santos

Pacientes do Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador, procuraram o site para denunciar a situação da cozinha e dos lanches fornecidos pela unidade de saúde. Eles relataram que foram achadas baratas em refeições dos internados e ratos passeando pela área onde a comida é produzida.

“A Vigilância Sanitária interditou a cozinha do Roberto Santos, lacrou do fogão às torneiras por estarem infestados de ratos e baratas. Tudo velho e enferrujado, sendo que tem um refeitório novinho, mas não libera por motivo político. Foi achado por duas vezes baratas nas refeições dos pacientes e os ratos de esgotos que passaram pela cozinha”, descreveu um leitor.

O Hospital negou a interdição do equipamento e disse que o Governo da Bahia investiu R$ 8 milhões em uma nova estrutura de cozinha e refeitório, que será inaugurada nos próximos dias. “Em virtude dos questionamentos relacionadas à Sabore, a auditoria do SUS e a Vigilância Sanitária estadual estão apurando os fatos a fim de averiguar e sanar quaisquer irregularidades. Ademais, o Hospital Geral Roberto Santos notificou, formalmente, a empresa”, alegou a unidade de saúde.

Mesmo assim, apesar de dizer que a cozinha antiga foi fechada por causa da mudança, a assessoria informou que as refeições ainda estão sendo realizadas nas instalações antigas.

Fonte: Bnews