Um homem de 25 anos foi preso ao tentar vender a própria filha de 2 anos, pelo valor de R$ 65. A quantia seria usada para ele comprar drogas. O caso aconteceu em um bar na região central de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, na última quarta-feira, 3. Durante a tentativa de ‘transação’, o homem chegou a insinuar que a criança poderia ser entregue para abuso sexual.

De acordo com a polícia, o homem estava aparentemente bêbado e sob o efeito de outras drogas. Ele dizia que precisava usar crack e por isso venderia a filha. Ao oferecer a um homem que a abordou, o pai fez um gesto de que ela poderia ser explorada sexualmente. Testemunhas então acionaram a Polícia Militar.

Ainda conforme os relatos, o homem maltratava a menina e a xingava ao mesmo tempo que a oferecia. Em determinado momento, o tal pai ainda jogou a comida da filha no chão, pisado e oferecido a ela novamente. Em seguida, ele chutou para a rua um pirulito da menina que caiu ao chão. A garota quase foi atropelada quando tentou pegar a comida.

Quando os policiais chegaram ao local, o homem ainda sacou uma faca para resistir à prisão, mas foi imobilizado e detido. O Conselho Tutelar acompanhou o caso e levou a criança até a avó materna até que a situação seja resolvida. O caso será repassado ao Ministério Público de Minas Gerais.

A Tarde