Pais e mães fazem “buzinaço” em frente à casa do prefeito de Salvador para pedir retorno das aulas presenciais

Pais e mães que pedem o retorno das aulas presenciais, em Salvador, fazem um “buzinaço” em frente à residência do prefeito de Salvador, Bruno Reis, na noite desta terça-feira (16/2). A repórter da TV Aratu, Tainá Reis, registrou parte do protesto, na região do Comércio.

VEJA ABAIXO

EM TEMPO

O retorno das aulas presenciais em Salvador e na Bahia deve estar vinculado a parâmetros como curva de casos ativos do novo coronavírus, da taxa de ocupação de leitos e do número de óbitos. O assunto foi discutido em reunião virtual, nesta terça-feira (16), que contou com as presenças do prefeito de Salvador, Bruno Reis, e do governador Rui Costa, além de secretários municipais e estaduais de educação e saúde e prefeitos de outras cidades.

Na ocasião, o prefeito de Salvador defendeu que era necessária a definição desses parâmetros, principalmente pela necessidade de conclusão do ano letivo de 2020 e da pressão que o município pode sofrer por demanda de vagas, caso as médias e pequenas escolas particulares acabem fechando por dificuldades econômicas. “É preciso uma resposta para a sociedade para não comprometermos em três anos a Educação, dependendo, é claro, da situação da Covid-19 na cidade”, declarou.

Os dados serão apresentados em reunião com o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Ministério Público da Bahia (MP-BA) e Defensoria Pública do Estado, em reunião agendada para esta quarta-feira (17).