Polícia encontra carta enigmática em um dos esconderijos de Lázaro: “Muitas pessoas merecem morrer”

A busca de Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos, também conhecido como “serial killer do DF”, chegam neste sábado (19/11) ao 11º dia, ainda sem sucesso. Durante a perseguição, a polícia encontrou uma carta abandonada no local onde ele teria usado como esconderijo durante algum tempo, na região de Edilândia, em Goiás.

Dentro do local, em cima de uma mesa, havia uma folha de papel A4 com um texto escrito à mão com caneta de tinta vermelha. “Muitos que vivem merecem morrer, alguns que morrem merece (sic) viver”, diz o texto, segundo o jornal Metrópoles. O material foi apreendido e levado para perícia.

Os policiais investigam se Lázaro escreveu ou apenas carregava o manuscrito, que replica algumas falas de um personagem da trilogia Senhor dos Anéis. Junto ao papel, foram deixadas algumas frutas, colocadas dentro de cestos de palha, e uma toalha rosa forrando a mesa.

Até ser descoberto pela polícia, o casebre teria sido usado como ponto de apoio pelo criminoso. Na mesma área existe uma região de mata ciliar, o que teria facilitado a fuga de Lázaro.

LEIA A CARTA:

“Muitos que vivem merecem morrer, alguns que morrem merecem viver. Você pode lhes dar vida? Então não seja tão ávido para julgar e condenar a morte. Mesmo os muito sábios não conseguem enxergar tudo, assim como todoos que vivem para ver tempos assim, não cabe a eles decidir. Temos de decidir apenas o que fazer com o tempo que nos [palavra rabiscada] é dado. Há outras forças agindo neste mundo, além da vontade do mal”