Salvador: Shoppings Centers, templos e comércio serão contemplados na primeira fase da retomada econômica

Os Shoppings Centers, templos religiosos e comércio de rua passam a funcionar na primeira etapa de funcionamento da retomada econômica em Salvador, segundo o protocolo de reabertura do comércio, anunciado nesta terça (7), pela prefeitura e governo do estado. A flexibilização das atividades terá três fases. Mesmo com a abertura, um rígido critério deverá ser seguido para evitar o avanço do coronavírus na capital baiana. Academias, bares e restaurantes, salão de beleza e centros culturais estão na fase 2. Parques, teatros e clubes sociais, na fase 3. O principal critério é ter a ocupação dos leitos até 75%, durante 5 dias, para ser iniciada a fase 1.

Fase 1 (vermelha) Ocupação de leitos de UTI deve ser menor que 75%

Shoppings, centros comerciais e semelhantes, comércio de rua acima de 200 m², templos religiosos e igrejas, drive in. Os shoppings irão funcionar de segunda à sábado – 12h às 20h. Após horário de pico para não gerar confusão no transporte público. Praças de alimentação só em delivery ou take away. áreas comuns – 1 pessoa / 9m². lojas 1/5m². Estacionamento 50% das vagas. Tudo deve ser controlado e portas fechadas. Haverá testagem inicial e a cada 21 dias. Será obrigatório também o uso de máscara e afastamento, proibição de eventos presenciais.

Comércio de rua – segunda a sexta – 10h às 16h. 1 pessoa 9m². 50% do estacionamento acima de dez vagas. Atendimento prioritário para grupos de risco

Templos e igrejas – 10h às 20h. Segunda a sábado. Domingo sem restrição de horário. 20% da capacidade do salão ou 50 pessoas. Proibidas escolas, aulas e reuniões. fechados para crianças.

Drive-in – eventos com autorização prévia, exclusivamente dentro de veículos fechados. Alimentação nos veículos; lotação do estacionamento com mínimo de 1,5 metro de distância entre veículos. Ingressos exclusivamente online. Haverá pagamentos de alimentos online e banheiros com fila virtual.

Fase 2 (amarela) – Ocupação dos leitos de UTI deve ser menor que 70%
Academia de ginástica, barbearias, salões de beleza, centros culturais, museus e galerias de arte, lanchonetes, bares e restaurantes

Fase 3 (verde) – Ocupação dos leitos de UTI deve ser menor que 60%
Parques de diversões e temáticos, teatros, cinemas e demais casas de espetáculos, clubes sociais, recreativos e esportivos, centros de eventos e convenções.

O prefeito ressaltou, no entanto, que “Educação, futebol profissional, parques públicos, praias e demais espaços públicos são avaliados separadamente com critérios específicos. Não estão vinculados às fases anunciadas”.

BNews