Uber anuncia sistema de pagamentos e cartões de crédito e débito

225

Cartão de crédito Uber Credit oferece cashback de 5% para usuários da Uber

A Uber anunciou nesta segunda-feira (28) três novas soluções na área de finanças. Duas delas são voltadas para motoristas e parceiros da empresa: uma conta digital e um cartão de débito, para acelerar o recebimento de pagamentos por corridas com carro particular e entregas no Uber Eats. Já o cartão de crédito Uber Credit é destinado aos clientes finais e oferece cashback de 5% e outros benefícios decorrentes de gastos em serviços da companhia. Os três produtos poderão ser geridos por meio do celular na carteira digital Uber Wallet, que foi reformulada.

Desenvolvidos na nova divisão Uber Money, os produtos começam a ser oferecidos primeiro nos Estados Unidos e serão expandidos em breve para outros países. Por enquanto, não há previsão de lançamento das novidades no Brasil.

Motoristas terão acesso a uma conta digital sem taxas na qual são depositados os pagamentos com saldo atualizado em tempo real. Segundo a empresa, o trabalhador terá acesso ao valor pago logo após uma corrida e os valores poderão ser gastos com o Uber Debit, um cartão de débito que oferece cashback de 3% em postos de gasolina nos EUA, ou 6% para quem é Uber Pro.
igital e cartão de débito Uber

Os valores poderão ser geridos na Uber Wallet, uma carteira digital que foi reformulada e que passa a ser integrada ao app Uber Driver, destinado a motoristas. Ela permite acompanhar o histórico de transações e saldos depositados, fazer transferências e acessar demais produtos financeiros da Uber. No futuro, ela também aparecerá nos apps convencionais do Uber e Uber Eats.

Ainda não se sabe quais seriam os moldes de eventuais versões brasileiras do cartão e da conta digital da Uber. Segundo a empresa, motoristas têm solicitado a possibilidade de negar corridas com pagamento em dinheiro e só aceitar cartão. Testes nesse sentido já acontecem Campo Grande, Cuiabá, João Pessoa, São José dos Campos (SP), São Luís, Sorocaba (SP) e Ribeirão Preto (SP). Nas próximas semanas, o experimento será expandido para Mogi Guaçu, Bragança Paulista e Marília.

Apesar disso, a oferta de uma solução de pagamentos com depósito mais rápido não chega a ser nova no país. A rival 99 já tem o Cartão99, um cartão de débito com o qual motoristas que trabalham para a empresa podem fazer compras ou sacar valores provenientes de viagens realizadas no mesmo dia.

Cartão de crédito Uber

Voltado unicamente para usuários finais, o cartão de crédito Uber Credit não tem anuidade e oferece devolução de 5% dos gastos em todos os serviços da empresa, como corridas, Eats, patinetes, motos e bicicletas elétricas, além do Uber Copter. É possível obter também 3% de reembolso em hotéis, companhias aéreas e restaurantes credenciados, e mais 1% em todas as compras em que não se aplicam as devoluções de 5% e 3%. Ao gastar US$ 500 nos primeiros três meses, o cartão também rende US$ 100 de volta.

Segundo a companhia, o usuário pode resgatar qualquer valor do cartão para a conta da Uber e gerir tudo pela carteira digital. A cada US$ 50 acumulados, o valor é transferido automaticamente para a conta Uber. O montante pode ser usado para gastar em serviços da empresa.

A Uber já havia anunciado um cartão de crédito em 2017, mas o projeto não decolou. Assim como da última vez, o novo plástico é emitido pelo banco britânico Barclays, que não tem operação no Brasil desde 2016. Ainda não se sabe se a empresa irá lançar o cartão no país.

Via Uber (1, 2) e The Verge