Vídeo: Homem aluga casa para festa clandestina e acaba esfaqueado ao pedir encerramento do evento

Adailson Junior Pinto Sá, de 48 anos, foi esfaqueado na manhã deste domingo (21) após pedir para os organizadores de uma festa clandestina encerrarem o evento que passou a noite e madrugada incomodando os vizinhos. O curioso é que foi a própria vítima que alugou o local para a realização do arraial.

A confusão, que terminou com a casa de Adailson incendiada pelos organizadores da festa, na zona leste de Manaus.

De acordo com informações da Polícia Militar, durante a manhã a vítima foi até a casa e tentou conversar com os realizadores do evento para que a festa fosse encerrada. Uma discussão começou e logo em seguida, houve briga e um tiroteio. Adailson acabou sendo esfaqueado nas costas com uma faca de cortar pão.

Com a confusão rolando, os moradores acionaram a polícia. Quando a PM chegou, o local já estava em chamas. Segundo os moradores, foram os realizadores do evento que tocaram fogo na casa e depois fugiram. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi ao local para controlar as chamas e fazer o rescaldo.

A polícia informou ainda que foram encontradas diversas bebidas alcoólicas e drogas na residência. A vitima foi levada para o Hospital e Pronto-Socorro Plantão Araújo, na zona leste.

No portão da residência foram encontrados marcas de tiros e na frente da casa estava a faca de serra usada para golpear Adailson. Até o momento ninguém foi identificado.