Perguntas e respostas sobre o NOVO Minha Casa Minha Vida: confira tudo!

 

Hoje em dia, o Governo Federal disponibiliza uma série de programas sociais que auxiliam os brasileiros, por meio, em muitas das vezes, do Cadastro Único, visto como o maior banco de dados vinculado ao Governo do país. Dentre os benefícios de maior expressão que estão em vigor no momento, há o Bolsa Família, que é responsável por contemplar mais de 20 milhões de famílias. Contudo, outro programa social também muito forte é o Minha Casa, Minha Vida.

Este é um programa habitacional que permite que os brasileiros consigam isenções, descontos ou condições facilitadas com relação à taxa de juros para que eles consigam adquirir o imóvel próprio. O que muitos brasileiros ainda podem não estar sabendo é que o programa assumiu, assumindo o lugar do programa antes em vigor, o Casa Verde Amarela. Todavia, há novas regras que já estão em vigor. Veja mais a seguir.

Os brasileiros estão surpresos com as mudanças que aconteceram no Minha Casa, Minha Vida? / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

O novo Minha Casa, Minha Vida está dando o que falar?

Antes de mais nada, deve-se ressaltar que o presidente da República assinou a medida responsável pelo lançamento da nova versão do Minha Casa, Minha Vida. A cerimônia aconteceu durante o período da manhã no Palácio do Planalto. Vale a pena lembrar que a recriação do programa ocorreu ainda no começo do ano e as novas regras passaram pela aprovação do Congresso Nacional.

Agora, o programa tem a chance de abacar famílias de zona urbana que apresentam remuneração mensal de até R$ 8 mil ou famílias de zonas rurais com renda no ano de até R$ 96 mil. Sendo assim, há três faixas de renda distribuídas para cada zona, e as determinações são diferentes para grupo.

Dentre as principais alterações ocorridas podemos citar a redução com relação a taxa de juros, o acréscimo no valor máximo do imóvel, que agora passou para o máximo de R$ 350 mil, bem como aumento no rendimento para financiar apartamento.

Para quem tem interesse em fazer uma simulação de financiamento, é possível seguir online, pela Caixa Econômica, por exemplo, uma vez que o banco oferece a possibilidade de simular compra de imóvel sem sair de casa.

Para núcleos familiares com renda de no máximo R$ 2.640 mil, a participação no programa ocorre na faixa 1, e o grupo pode conseguir até 95% de desconto.

Benefícios disponíveis pelo CadÚnico

  • bolsa familia
  • Auxílio-Gás
  • Telefone Popular
  • Tarifa Social de Energia Elétrica
  • identidade jovem
  • BPC/LOAS
  • Aposentadoria para pessoas com baixa renda
  • Minha Casa, Minha Vida
  • Isenção para os inscritos no que diz respeito às taxas de participação no Enem e em concursos públicos
  • Carta Social
  • Carteira da Pessoa Idosa
  • Programa de Crédito Fundiário
  • PETI
  • Fomento com foco em atividades agroprodutivas
  • Programa Cisternas
  • Programa de Reforma Agrária
  • Água para todos
  • bolsa verde
  • Programa Brasil Alfabetizado