Homem é preso suspeito de matar esposa e esconder corpo em caixa de som

Um homem de 29 anos, preso por matar a própria esposa a facadas e esconder o corpo dela em uma caixa de som, no dia do crime, mandou um áudio em um aplicativo de mensagens dizendo que a vítima iria “sumir” e “se arrepender do que estava escolhendo”. Priscila Paulino de Jesus, de 20, pediu a separação ao saber que estava sendo traída pelo marido.

O caso aconteceu no município de Novo Gama, em Goiás, no entorno do Distrito Federal. Francisco Queiroz Ribeiro foi preso em flagrante na última quarta-feira (22). Segundo a Polícia Civil, o criminoso deu detalhes do assassinato. “Ele era usuário de drogas e, nos últimos meses, estava tendo um histórico de brigas com a vítima”, afirmou o delegado Danillo Martins.

Em outro áudio, enviado por Priscila, ela revela ter sido agredida pela amante de Francisco. “Ela veio para cima de mim e eu para cima dela. Deus me livre e nos guarde ela entrar aqui porque se ela entrou aqui uma vez, ela pode entrar aqui de novo”, conta.

Após passar três meses na casa da tia, Priscila reatou o relacionamento com o marido, mas, mesmo assim, as brigas continuaram. Francisco a matou a facadas, colocou o corpo em uma caixa e enterrou em um matagal. Ele vai responder por feminicídio e ocultação de cadáver. Caso condenado, pode pegar até 33 anos de prisão. com https://www.sbt.com.br